Quais são os fatores chave de sucesso de um profissional?


Quando uma empresa avalia o portfólio dos seus produtos e o resultado do seu negócio, a pergunta acima é essencial para entender o que é chave para ter sucesso. Se esta pergunta é tão importante para uma empresa analisar os seus resultados, porque não usar este mesmo critério para analisarmos a nossa vida profissional? Tenho sempre falado que a carreira de uma empresa é muito semelhante à carreira de uma pessoa. Tem que ter objetivo, estratégia, desenvolver um bom produto, sempre renovar e inovar. É uma pena que a maioria das pessoas não faz essa analogia entre a carreira da empresa e dos indivíduos. Certamente poderíamos aprender muito com esta comparação, e ajudar no nosso planejamento profissional.

Na consultoria, quando queremos analisar ou fazer “assessment” de um profissional, procuramos analisar essencialmente quatro áreas críticas. A primeira delas é relacionada com a Carreira e Histórico Profissional. A segunda área tem a ver com o Resultado deste profissional, através do seu histórico de avaliação de desempenho. A terceira área está relacionada com as Competências e Potencial para o futuro. Por último e não menos importante, o Comportamento deste profissional. Obviamente que dentro de cada um destes blocos podem ser usadas várias ferramentas e instrumentos para apurar melhor esta avaliação.

Carreira e histórico profissional

 Assim como um negócio ou um produto, é muito importante que um profissional analise com cuidado o seu histórico profissional e os resultados obtidos ao longo da sua carreira. O que este profissional tem feito e que tem dado certo, e colaborado para que o negócio prospere. Quais os aprendizados gerados ao longo da carreira, que têm ajudado na evolução e no aperfeiçoamento profissional. Assim como os fatores de sucesso, é importante analisar também os eventuais erros, fracassos ou insucessos, para que estes não se repitam novamente no futuro. Uma análise bem feita deste histórico pode revelar muitas informações importantes para o planejamento futuro.

Resultado e avaliação do desempenho

Outro fator chave de sucesso é um mergulho no histórico profissional com relação ao desempenho e os resultados obtidos nas diversas funções realizadas. Quais foram os resultados mais impactantes e que benefícios trouxeram para a organização. Quais foram as áreas de maior destaque do profissional que o tem diferenciado ao longo da sua carreira. Novamente como um produto, se este está vendendo bem e gerando lucro, naturalmente a empresa vai querer investir mais para que traga ainda mais resultado. Se fizermos uma analogia é o mesmo que acontece com as pessoas. Se um indivíduo desempenha bem o seu trabalho, produz resultados consistentes, e demonstra potencial de crescimento, naturalmente a organização vai querer investir mais, para que ele produza mais e melhores resultados no futuro.

Competência e potencial para o futuro

Esta é uma outra área essencial quando avaliamos um produto ou negócio. Quanto de resultado este produto está trazendo para a empresa, e quanto potencial ele tem para continuar crescendo. Se pararmos para pensar, isso também vale para nós profissionais. Quanto que uma pessoa agrega de valor para a organização através das suas competências, que se traduzem na execução através do desempenho e seu resultado. Além disso quanto que esta pessoa demonstra ter de potencial para continuar produzindo e trazendo proveitos no futuro.

Comportamento e atitude

Este talvez seja o elemento essencial que nos diferencia dos produtos de uma empresa. É o fator primordialmente humano que reflete os nossos valores, princípios e ética no trabalho. As organizações hoje estão mais preocupadas com o comportamento das pessoas do que muitas vezes com as suas competências. Temos visto vários exemplos de insucesso e fracasso das empresas devido ao comportamento dos seus executivos, do que o resultado do próprio negócio. O ativo mais importante das organizações é a sua Reputação. Com certeza, por este motivo, as empresas estão cada vez mais preocupadas em assegurar que os seus profissionais atendam a estes requisitos. Atitude é tudo na vida, e ter profissionais éticos e íntegros é assegurar as boas práticas de gestão na organização.

Felipe Westin é Diretor Executivo da Westin Desenvolvimento de Pessoas. Economista com MBA em RH pela USP/FIA e com mais de 40 anos de experiência em RH e Negócios. Foi por 20 anos Diretor de RH da Bristol Myers Squibb e Monsanto. Foi Diretor de RH da Monsanto nos Estados Unidos. Trabalhou como Executivo em empresas como Braskem, Alcoa, Dow Química. Foi Presidente do Conselho da ABRH-SP, onde atualmente é membro do Conselho. Autor do livro: Administração de Salários por Desempenho.

Confira outros artigos de Felipe Westin em: http://westinrh.blogspot.com.br.

Compartilhe esta notícia nas redes sociais:
LinkedIn Facebook Twitter
Os comentários estão fechados