PesquisaResultado da Pesquisa Games aplicados ao e-Learning
 RESULTADO DA PESQUISA
Mensurando os resultados obtidos com o e-Learning


1. Sumário executivo

O objetivo desta pesquisa foi de mensurar os resultados obtidos com o e-Learning nas organizações brasileiras, por meio de análises comparativas entre performance e desempenho, conceitos de gestão, percepção e frequência com que os resultados são alcançados com o e-Learning. O levantamento das informações foi realizado em Março de 2013 pelo Portal Learning & Performance Brasil.

A pesquisa revela que 25% das organizações já dispõem de ferramentas (softwares) que permitem fazer a análise comparativa entre a performance dos seus profissionais nos negócios e o desempenho nos cursos oferecidos por meio do e-Learning. No total, 25% realizam a análise, mas não possuem uma ferramenta que automatize o processo, e 50% das organizações não realizam análises, mas estão com esse plano para o futuro.

Sobre o conceito de gestão e de análise de performance familiares e aplicáveis, 44% estão familiarizados com Balanced Score Card, 22% Business Intelligence, 22% Gestão da Qualidade Total (TQM) e 11% Six Sigma.

Quanto à percepção sobre o processo de mensuração dos resultados obtidos por meio do e-Learning, 50% acreditam que seja um processo simples.

É possível avaliar o nível de importância desse tipo de análise no projeto de e-Learning, que 75% consideram muito importante, o que demonstra quanto o tema está inserido nas estratégias das organizações.

Sobre o foco dos benefícios do e-Learning nas organizações, percebe-se que os esforços estão na avaliação de reação e avaliação de conhecimento (com 38% cada), seguidas da avaliação de aplicabilidade e avaliação de resultados (com 13% cada).

Em relação à frequência com que os resultados do e-Learning são avaliados, há um número muito interessante: 75% são mensurados online (em tempo real).

2. Resultados

2.1 Organizações que já realizam análises comparativas entre a performance dos seus profissionais nos negócios e o desempenho nos cursos oferecidos por meio do e-Learning.            
                 

  • 50% não realizam, mas este tipo de análise faz parte dos planos.
  • 25% já dispõem de ferramentas (softwares) que permitem fazer a análise.
  • 25% já realizam a análise, mas não possuem uma ferramenta que automatize o processo.

2.2 Conceitos de gestão e de análise de performance familiares e aplicáveis.           
                 

  • Balanced Score Card 44%.
  • Business Intelligence 22%.
  • Gestão da Qualidade Total (TQM) 22%.
  • Six Sigma 11%.

2.3 Percepção sobre o processo de mensuração dos resultados obtidos por meio do e-Learning:           
                 

  • Difícil 50%.
  • Simples   50%.

2.4 Percepção sobre o nível de importância deste tipo de análise no projeto de e-Learning das organizações:    
                 

  • Muito importante 75%.
  • Importante 25%.

 

2.5 Foco da avaliação dos benefícios do e-Learning nas organizações:       
                 

  • 38% avaliação de reação (o que os treinandos acharam do curso).
  • 38% avaliação de conhecimento (o que os treinandos aprenderam).
  • 13% avaliação de aplicabilidade (como os treinandos estão aplicando os novos conhecimentos).
  • 13% avaliação de resultados (quais resultados o e-Learning está proporcionando para os objetivos da organização).

 

 

2.6 Frequência com que os resultados do e-Learning são avaliados na organização:                
                 

  • 75% online (em tempo real).
  • 25% Anualmente.


 
Para membros da Comunidade
Learning & Performance Brasil
> Efetuar Login
> Cadastre-se
> Saiba mais
Curta a nossa página no facebook
Siga-nos no twitter

Organização
MicroPower

Promoção
Escola Virtual

e-learning for kids

ABES

ABRH - NACIONAL

ABRH - SP

ADVB

América Economia

bilheteria.com

FNQ - Fundação Nacional da Qualidade

GCSM - Global Council of Sales Marketing

The Winners - Prime Leaders Magazine

Copyright © 2016 - MicroPower®