HomeNotíciasNotícia selecionada
 NOTÍCIAS
Parceria beneficia pessoas com limitações visuais

Com o objetivo de contribuir com a inclusão sócio-digital, o Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Ciência e Tecnologia (Sectec) e do Gabinete de Gestão de Interlocução com os Movimentos Sociais, realizou na tarde desta terça-feira, dia 13, mais uma parceria. Através do Programa Cidadania Digital Já, que promove a inclusão digital de cidadãos com baixa escolaridade, idoso e com algum tipo de deficiência, foi assinado um convênio com a MicroPower. A empresa oferece o leitor de telas Virtual Vision.

O gerente de Inclusão Digital da Sectec e coordenador do projeto, Wellington Teixeira Soares, explica que a MicroPower apresenta uma solução de tecnologias assistivas e está aliado ao público-alvo do programa. O software é voltado para atender o deficiente visual e os usuários terão acesso a uma tecnologia que vai facilitar a navegação pela internet. Ele lembra que para aderir, é preciso preencher um formulário que está no site da Sectec. “É simples, desde que [a empresa] esteja legalizada, com CNPJ e o CPF de diretores legalizados”. O programa promove a união entre poder público, empresa privada e terceiro setor.

O diretor de Marketing da MicroPower, Daniel Mussulin, diz que o Virtual Vision existe há 15 anos e já capacitou pelo menos 10 mil pessoas, sendo que mil já estão empregadas, usando o programa nas empresas . Ele informa que as entidades de apoio que ministram capacitação e levam as pessoas para o mercado de trabalho poderão solicitar a licença do software de forma gratuita.

Oportunidade

Reinaldo Gomes é presidente da Associação Pestalozzi de Bela Vista de Goiás, onde há muitas pessoas com limitações visuais. Ele compareceu à solenidade para conhecer de perto o projeto e verificar a viabilidade para participação da Associação. Reinaldo ressalta que esta ação é importante por conta das condições que algumas entidades vivem hoje. “Se não tiver a participação do Governo, de projetos que possam levar às entidades, fica impossível de trabalhar com os deficientes visuais na questão digital. Tem que ter disponibilização desse software sem custo para as entidades. A gente já trabalha, mas sabe dos limites da gente”, afirma.

O presidente da Associação dos Deficientes Visuais do Estado de Goiás (Adveg), Alisson Azevedo, afirmou que esta iniciativa é muito importante. “É difícil levar a inclusão digital a pessoas que não têm esse acesso, ou porque estão na periferia ou mesmo porque estão distantes por uma questão cultural. É preciso também promover a inserção das pessoas que já têm o acesso para o mercado de trabalho. Aí a Ciência e Tecnologia pode nos ajudar e muito”, diz.

A presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg), Maria Zaíra Turchi, esteve no evento representando o governador Marconi Perillo. Ela ressaltou que esta iniciativa é uma forma de incluir todos os cidadãos nos sistemas da sociedade. E adiantou que em breve a Fapeg vai lançar um edital voltado para a inclusão digital, em uma parceria com o Ministério das Comunicações.

Mais informações: (62) 3201-5202



Para enviar esta notícia para um(a) amigo(a):
Clique aqui

Fonte: Governo de Goiás
 Data: 14/08/2013

 

 


Voltar

 
Para membros da Comunidade
Learning & Performance Brasil
> Efetuar Login
> Cadastre-se
> Saiba mais
Curta a nossa página no facebook
Siga-nos no twitter

Organização
MicroPower

Promoção
Escola Virtual

e-learning for kids

ABES

ABRH - NACIONAL

ABRH - SP

ADVB

América Economia

bilheteria.com

FNQ - Fundação Nacional da Qualidade

GCSM - Global Council of Sales Marketing

Movimento Brasil Competitivo: MBC

Microsoft

The Winners - Prime Leaders Magazine

Copyright © 2016 - MicroPower®