HomeArtigosBrasil e EUA: o RH em transformação
 ARTIGOS
Brasil e EUA: o RH em transformação



Por Leyla Nascimento

Para o seu congresso anual, a SHRM (Society for Human Resource Management), que pode ser considerada a ABRH dos Estados Unidos, sempre escolhe palavras simples como tema, mas contendo fortes mensagens para Recursos Humanos.

Neste ano, a palavra-chave do evento, que aconteceu no mês passado, em Orlando, foi Transforme e chamou a atenção para a responsabilidade de mudarmos o que até então era considerado “modelo ideal” em nossa área e para as grandes mudanças que passam primeiramente pela capacidade de superação das pessoas diante das adversidades.

Essa mensagem ficou muito clara na palestra de abertura, apresentada pela jornalista Robin Roberts, âncora do Good Morning America, programa de televisão americano de sucesso. Mulher de sucesso, ela se viu diante da adversidade de uma séria enfermidade. Buscou forças para fazer uma total revisão de vida e tudo consubstanciado em um otimismo que contagiou o público.

Longe de ser um caso pessoal, a mensagem foi muito forte sobre o que nos impõem hoje esses novos cenários: entender que as organizações e os profissionais atingirão resultados e alta performance quando o equilíbrio entre trabalho e vida seja visto como prioridade. Bem-estar, saúde, competência e trabalho são complementares, devem ser vistos como interdependentes e não por um prisma isolado e desconectado.

A assertiva Transforme é também uma mensagem para nós, profissionais de RH no Brasil, por estarmos diante de mudanças organizacionais e de adequações, fruto da desaceleração econômica atual e que, certamente, impactarão as pessoas e os modelos adotados até aqui.

Outro ponto são as atuais exigências das novas gerações, que deixam claro que, para elas, trabalho é o complemento da garantia de qualidade de suas vidas.

O sentido de urgência que o CONARH 2014 traz, tendo como premissa o tema RH Urgente! Ousar, Inovar e Performar, foi amplamente explorado nas 200 palestras da SHRM, que contou com a presença de 15 mil pessoas.

Como exemplos, cito a palestra sobre as expectativas dos CEOs diante de um RH que atue nas mudanças e na cultura de inovação, ou mesmo as práticas apresentadas sobre os processos, como a questão da atração dos profissionais, reconhecendo que não somente as competências, mas o aumento da delegação de poder, independentemente das funções, devem ser priorizados. Além disso, a questão da performance foi amplamente debatida durante o congresso.

Tudo isso demonstra o alinhamento com o Brasil e o acerto dos cerca de 30 dos maiores executivos e especialistas do comitê de criação do CONARH. Há oito meses, eles se dedicam ao trabalho voluntário de realizar uma grade temática que traga uma visão global apurada, mas com total alicerce na realidade de nosso país e das nossas organizações. E se empenharam para trazer o que há de melhor em conteúdos e práticas com visão de outros países, mas também o que estamos fazendo e antevendo diante de todos esses cenários.

E isso suportado pela mais alta tecnologia na realização de eventos. Nesse quesito, posso afirmar sem medo de errar que o CONARH está anos luz à frente. A própria direção da SHRM, que realiza o maior evento de gestão de pessoas do mundo, reconhece isso. A inovação que o CONARH apresenta todos os anos nos auditórios das palestras e na Expo ABRH é, mundialmente, o que há de melhor.

Ainda não vi nenhum congresso internacional apresentar um ambiente tão inovador para os congressistas, os patrocinadores e os visitantes.

Acredito que a 40º edição do CONARH será um divisor de águas de um novo tempo, em que a urgência nos levará a gerar resultados inovadores, tendo como pano de fundo a essência do ser humano.

Para enviar este artigo para um(a) amigo(a):
Clique aqui

Fonte: Leyla Nascimento
Autor: 
 Data: 10/07/2014

 

 


Voltar

 
Para membros da Comunidade
Learning & Performance Brasil
> Efetuar Login
> Cadastre-se
> Saiba mais
Curta a nossa página no facebook
Siga-nos no twitter

Organização
MicroPower

Promoção
Escola Virtual

e-learning for kids

ABES

ABRH - NACIONAL

ABRH - SP

ADVB

América Economia

bilheteria.com

FNQ - Fundação Nacional da Qualidade

GCSM - Global Council of Sales Marketing

Movimento Brasil Competitivo: MBC

Microsoft

The Winners - Prime Leaders Magazine

Copyright © 2016 - MicroPower®