HomeArtigosOs Pleonasmos do Líder
 ARTIGOS
Os Pleonasmos do Líder

Por Carlos Faccina


POR FORÇA DO HÁBITO, PARA REFORÇAR ALGO OU POR PURA IGNORÂNCIA, os pleonasmos acabam por fazer parte do dia a dia do uso da Língua Portuguesa. Expressões como entrar para dentro, subir para cima, amanhecer o dia são comuns na comunicação. A redundância é plenamente desnecessária.

No quesito líder o mesmo ocorre. O Líder deve ser articulado, realizador, focado, persuasivo e visionário. Pleonasmos, sim, a personagem denominado líder, se não tiver medianamente esses atributos, é mais objeto dos processos do que sujeito ou construtor de processos produtivos e rentáveis. O excesso de repetições acaba esvaziando uma ordem, um pedido, um trabalho em equipe, porque os funcionários ouvem tanto e tanto a mesma coisa diariamente, que ela acaba se perdendo nela mesma.

Existe uma fábrica de fontes que suportam esses pleonasmos. A quantidade de livros e cursos que, de uma forma ou de outra, repetem as informações, alimentam a idéia de que a empresas dependem única e exclusivamente do comportamento do grupo especial de lideres para terem sucesso.

Secundariamente, os “lideres não reconhecidos pela estrutura organizacional” são aqueles que são lideres de um trabalho, função ou ação, vitais para o funcionamento da engrenagem.

Independentemente do trabalho realizado, são úteis, são lideres e talentosos.

Da sua última viagem, quais são as suas lembranças? Estou certo de que da camareira do hotel que ao arrumar a cama a destacava como principal elemento do quarto, da recepcionista que com atenção e sorriso no rosto o atendeu de forma simpática e carinhosa… estou certo?

Assim, nas empresas, as coisas se repetem nas tarefas mais comezinhas e simples. Essa forma de ser líder de um trabalho especifico, em que nele você não é superado, acaba se desgastando e a todos a seu redor..

Estamos diante do altar dos lideres repetitivos (gentes ,diretores e CEOS) e colocando no fundo do baú os que realmente lideram no dia a dia.

É reconhecidamente mais complexo e trabalhoso, exercitar essa visão realista de lideres, não só pela quantidade de pessoas, mas pelo péssimo habito de não analisar detidamente o conjunto e ações vitais que ocorrem nesse meio. E, nesse momento, a repetição enjoa, atrapalha até.

Não é para menos que, diante de alguma dificuldade em entender o que de fato ocorre, o homem se prestou a contornar a verdade com uma alusão e ainda se presta. A falta de critério e a preguiça mental são supridas por explicações absurdas e mais que desnecessárias, que, com o tempo, podem tornar-se verdade.

Está na hora dos termos liderança e pleonasmos consequentes cederem lugar a uma mais apropriada visão do que é ser líder, fato que independe de hierarquia, não está somente no topo da organização, mas frequenta todos as baias do escritório.

Para enviar este artigo para um(a) amigo(a):
Clique aqui

Fonte: Carlos Faccina
Autor: 
 Data: 12/02/2014

 

 


Voltar

 
Para membros da Comunidade
Learning & Performance Brasil
> Efetuar Login
> Cadastre-se
> Saiba mais
Curta a nossa página no facebook
Siga-nos no twitter

Organização
MicroPower

Promoção
Escola Virtual

e-learning for kids

ABES

ABRH - NACIONAL

ABRH - SP

ADVB

América Economia

bilheteria.com

FNQ - Fundação Nacional da Qualidade

GCSM - Global Council of Sales Marketing

Movimento Brasil Competitivo: MBC

The Winners - Prime Leaders Magazine

Copyright © 2016 - MicroPower®