HomeArtigosSerá que fui superado pelos “incompetentes”?
 ARTIGOS
Será que fui superado pelos “incompetentes”?

“Dez longos anos se passaram. Tenho boa formação e apresento resultados. Jamais fui elogiado, mas sempre fui bem avaliado. Estou esquentando a cadeira e sistematicamente vejo ‘incompetentes’ serem promovidos a posições mais importantes para as quais me sinto preparado.”

Você reconhece esse tipo de clamor? Ele é uma constante nas empresas.

Se isso ocorre com você ou se percebe sinais desse fenômeno na sua empresa, está na hora de fazer a pergunta que ainda não fez:

- Os promovidos são realmente incompetentes ou essa é a minha visão sobre eles?

Duas são as possíveis respostas. Eles realmente são incompetentes e progridem pelo tradicional nível de QI (Quem Indica), ou você está cometendo alguma falha que o distancia de seu alvo. Neste último caso, falta ao leitor deste blog alguma condição para ser promovido e as pessoas que lhe superam não são incompetentes, mas competentes para a empresa e seus líderes.

Já pensou nisso?

No mundo da competitividade, nenhuma empresa responsável resiste muito tempo se o seu sistema for paternalista e baseado na indicação de amigos dos amigos. Os resultados negativos logo começam a aparecer e a empresa tem que estancar com o favorecimento sem critério técnico, ou corre o risco de quebrar, independentemente do seu tamanho.

Ao invés da revolta interna e da frustração, você deve analisar com carinho porque esses “caras” vão para frente. Deve existir uma causa ou razão mais plausível, principalmente se a empresa permanece no rumo dos bons resultados.

Deve existir algo que não é percebido por você e essa é, sim, uma desejável competência. Pense bem a respeito, porque o olhar rancoroso pode cegar para as virtudes desejáveis nas pessoas com potencial para crescer na sua empresa. Ainda há tempo de largar a lamúria e mudar de estratégia.

Agora, se a empresa não esta obtendo bons resultados, caia fora enquanto é tempo. O mundo está disponível para você conhecer e viver. Certamente encontrará uma posição onde possa dar continuidade para a sua vida profissional. Neste caso, é hora de mudar de empresa!

Para enviar este artigo para um(a) amigo(a):
Clique aqui

Fonte: Carlos Faccina
Autor: 
 Data: 26/04/2012

 

 


Voltar

 
Para membros da Comunidade
Learning & Performance Brasil
> Efetuar Login
> Cadastre-se
> Saiba mais
Curta a nossa página no facebook
Siga-nos no twitter

Organização
MicroPower

Promoção
Escola Virtual

e-learning for kids

ABES

ABRH - NACIONAL

ABRH - SP

ADVB

América Economia

bilheteria.com

FNQ - Fundação Nacional da Qualidade

GCSM - Global Council of Sales Marketing

The Winners - Prime Leaders Magazine

Copyright © 2016 - MicroPower®